fbpx
caminhao_logistica_motor_durabilidade_agileprocess_logistica

Vida útil do caminhão: como aumentar a durabilidade do veículo

A durabilidade de um caminhão pode trazer dores de cabeça para um gestor de frotas, ainda mais quando são muitos caminhões. O que é necessário fazer para que os gastos sejam reduzidos e a durabilidade aumente? E o que o motorista pode fazer com o seu caminhão para diminuir os custos e trazer vantagens para a empresa? Essas perguntas volta e meia passam pela cabeça de um colaborador que pensa no bem da empresa. 

Inúmeras possibilidades estão disponíveis para que todos façam a sua parte e os gastos no fim do mês não extrapolam o orçamento. Desde pequenos cuidados no dia a dia, revisões e até investimentos em tecnologias, trazem resultados satisfatórios. Continue a leitura para ficar por dentro.

Motor do caminhão: gastos ou investimentos?

O motor de um veículo é o seu coração, sendo o combustível o seu sangue. A função principal do motor é converter a energia produzida pela combustão do combustível em energia mecânica, capaz de movimentar todo o sistema do veículo. 

Como no corpo humano, quando o motor está saudável, o caminhão funciona perfeitamente. Todas as peças que integram o motor são fundamentais e precisam de cuidados especiais para não gerar problemas. 

Um check-up garante que o caminhão esteja bem, com todas as peças funcionando do jeito que deve ser. Gastos para pequenos reparos são importantes para não gerar grandes problemas e mais despesas. 

Agora, vamos conhecer algumas partes fundamentais para o bom funcionamento do motor e o desempenho do caminhão. 

Óleo para motor

Na busca da redução de custos, manter o motor lubrificado é essencial para garantir a sua durabilidade. Isso porque um motor fundido só traz problemas. No caso do caminhão, que em sua maioria usa diesel como combustível, a lubrificação envolve as pequenas peças do motor, garantindo uma película responsável por diminuir o atrito entre elas. 

É importante conhecer os tipos de óleos disponíveis e indicados para cada tipo de motor. Importante frisar que o modelo e ano do caminhão também são fatores importantes. Existem basicamente o óleo semissintético, sintético e mineral. Vamos conhecer a diferença deles? 

caminhao_logistica_agileprocess

Óleo mineral

Também conhecido como óleo básico, trata-se de um processo mais simples na obtenção do lubrificante, através do solvente e componentes do petróleo. Podem pertencer ao grupo I ou grupo II, sendo o segundo grupo, de melhor qualidade. 

Óleo sintético

Nesse caso, o óleo básico passa por um processo mais complexo, envolvendo reações químicas complexas e uso de aditivos, que resultam em óleos com características superiores aos óleos minerais. Aqui, são divididos entre os grupos III, IV e V. 

Sua principal vantagem é estar sempre em desenvolvimento, pelo fato dos fabricantes estarem sempre em busca do melhor produto possível. Em relação ao custo, aqui vale o benefício, já o óleo sintético é superior na qualidade do produto e lubrificação do motor, gerando menos problemas que o mineral.

Óleo semissintéticos 

Por último, a mistura entre o óleo mineral e o sintético resulta no semissintético. Podem pertencer a qualquer um dos cinco grupos. São procurados principalmente pela questão custo benefício, por possuir um preço abaixo do sintético, mas ter mais vantagens que o mineral.

Sempre procure no manual do veículo qual o óleo indicado para o motor, um mecânico de confiança pode ajudar nessas horas também. E lembre-se que o lubrificante é um investimento, bem mais em conta do que a retífica de um motor. Fique de olho também na periodicidade da troca do óleo, pois o contato com a sujeira pode contaminar o motor.

Óleo de câmbio

Assim como o motor, o câmbio também utiliza óleo e facilmente ele pode se tornar o vilão do gestor de frotas. Isso porque é essencial ficar de olho no seu nível, já que sua principal função é a prevenção. Como todo lubrificante, ele é o responsável por prevenir desgastes ao diminuir o atrito entre as partes do câmbio, e também refrigerar e limpar o sistema.

É preciso fazer uma observação neste ponto: muitos especialistas garantem que não se faz a troca de óleo de câmbio manual, apenas automático. É importante garantir essa informação com um mecânico de confiança ou até mesmo com a fabricante do veículo. De qualquer maneira, em veículos com o câmbio manual, a sugestão é seguir o manual e ficar de olho no nível do óleo, fazendo revisões necessárias sempre para não ter prejuízos. 

Enquanto no automático, além das revisões, as trocas devem serem feitas quando necessário. Como a durabilidade do óleo de câmbio é maior que a do motor, considere ao menos duas trocas ao ano. 

Combustível e bico injetor

Economizar combustível sempre é uma pauta em alta nas operações, até mesmo por ser um gasto essencial, afinal, sem combustível não são feitas as entregas e coletas. Só se a sua empresa já possui uma frota 100% elétrica, aí é assunto para outro dia.

Controlar os gastos com combustível vai muito além de escolher onde abastecer. Começa pela escolha do modelo dos veículos da frota, as rotas que serão traçadas, a maneira de dirigir do motorista e por aí vai. 

Falando em rotas traçadas, é indispensável o uso de tecnologias, como a de um roteirizador. Isso porque com ele é possível verificar o melhor trajeto, levando em consideração não só a rota mais curta, como a que trará mais vantagens, que possui menos trânsito no momento, e muito mais.

No caso dos caminhões, o diesel pode ser o vilão ou o mocinho. Mocinho quando possui uma boa qualidade e não traz problemas para o motor. Vilão quando é de má qualidade, capaz de causar entupimentos no esguicho e até queimar a agulha que espalha o combustível no tanque de combustão. Além de fundir o motor e causar prejuízos, isso também diminui a durabilidade do motor e consequentemente do caminhão.

Aqui no blog, já ensinamos como fazer um cálculo simples sobre o consumo de combustível, usando km rodados e litros abastecidos. Saiba mais aqui.

Filtros 

Peças fundamentais para o bom funcionamento do motor e muitas vezes esquecida: os filtros. No caminhão, encontramos o filtro de ar, de combustível, de óleo e hidráulico e o filtro do ar-condicionado. Todos fundamentais, merecem atenção.

Filtro de ar

Ele serve para limpar as impurezas no ar que é usado para fazer a mistura com o combustível. Essas impurezas são capazes de danificar as peças do motor, como pistão e biela, aumentar o consumo de combustível e prejudicar o desempenho, então é importante ficar de olho. 

Além disso, melhorar o consumo de combustível ajuda a diminuir gastos com o mesmo. As sujeiras no filtro de ar impedem que ele funcione corretamente, causando um esforço excessivo do motor e consequentemente um consumo maior de diesel. 

Não é recomendado fazer a limpeza do filtro de ar sozinho, nem utilizar jato de ar para isso. Pode danificar e prejudicar mais do que ajudar. A indicação é fazer a troca dos filtros com cerca de 10 mil km rodados, varia conforme indicação do fabricante. 

Filtro de combustível

Localizado entre o tanque e o motor, o filtro de combustível é o responsável por impedir que as impurezas do diesel passem para a bomba de combustível e sujam os bicos injetores. É recomendado fazer a troca dessa peça entre 10 mil e 15 mil km.

Filtro de óleo

Sua principal função é eliminar as impurezas como partículas de metal e derivadas da combustão, que danificam as peças do motor ou até podem fundi-lo. É recomendado a troca junto com o filtro de óleo, entre 10 mil e 15 mil km rodados.

Filtro de ar-condicionado

Ninguém quer respirar um ar sujo, não é mesmo? O filtro do ar condicionado é peça fundamental para os motoristas que utilizam muito do aparelho para refrescar a cabine enquanto dirigem, além de impedir impurezas e maus cheiros oriundos das ruas. A troca varia conforme o uso, então é importante fazer uma revisão a cada 20 mil km rodados.

Outros fatores que interferem na vida útil do caminhão

Pneus

Como saber se chegou a hora de trocar os pneus do caminhão? O principal fator que diminui a vida útil do pneu do caminhão é o desgaste, causado principalmente pelas condições das estradas percorridas. Depois disso, preste atenção no envelhecimento dos pneus, considere que a data de validade do pneu depende muito das condições de uso. Furos visíveis e bolhas são sinais de alerta. Aqui entra mais uma vez a importância das revisões para manter tudo em ordem.

Os cuidados que é preciso ter com os pneus do caminhão são os mesmos que com outros veículos. Além dos prazos de revisão, alinhamento, balanceamento e calibragem, o motorista deve reportar para o gestor qualquer problema relacionado aos pneus (e ao caminhão como um todo). 

A calibragem correta, em especial, é uma tarefa fundamental do motorista, visto que um pneu murcho faz com que o motor se esforce mais, consumindo mais combustível e consequentemente aumentando os gastos. Sem contar que problemas nos pneus podem causar instabilidade no caminhão, problemas mecânicos e muito mais.

A troca dos pneus deve estar no orçamento da empresa, é um gasto inevitável. Mas apostar na segurança do motorista com pneus de qualidade é fundamental. Procure o tipo adequado de pneu para cada caminhão, levando em consideração a carga transportada, a pressão e as estradas percorridas. 

Busque pelo melhor custo benefício que mantenha a vida útil do caminhão e suas peças. Parcerias, descontos e fornecedores de confiança fazem a diferença nessa hora!

Manutenção 

Se for pra pecar, que seja por excesso. Prevenção nunca é demais, e a manutenção periódica dos caminhões evita gastos desnecessários e problemas muito maiores. Siga as indicações do fabricante ou faça um calendário para ter controle sobre a frota de caminhões e a periodicidade das revisões.

Seguros

Já ouviu falar que segurou é uma coisa que você paga para não utilizar? Mesmo que pareça um gasto desnecessário e que pode pesar no orçamento, os seguros são essenciais para ter segurança, principalmente nas estradas brasileiras.

Assaltos, roubos, acidentes e estradas perigosas são alguns dos problemas encontrados pelos motoristas. Não que interfiram exatamente na vida útil do caminhão, mas um bom seguro pode diminuir muita dor de cabeça para o motorista, o gestor e a empresa em si.

Tecnologias 

Fazer rotas de cabeça não é o ideal, por inúmeros fatores. Primeiro porque é capaz de rodar muito mais que o necessário, gastando muito mais combustível e pneus, podendo até passar por lugares perigosos. Um roteirizador de entregas e coletas é fundamental para criar rotas mais assertivas e reduzir os custos.

O uso da roteirização está entre as principais inovações tecnológicas que beneficiam o mercado da logística, garantindo eficiência no transporte de produtos e simplificando processos.

Nada melhor do que deixar o mapa (de papel mesmo) de lado para não se perder e não cansar a cabeça pensando, ao utilizar um sistema que faz isso por você.

Conclusão

Além de tudo isso que citamos, é importante levar em consideração duas coisas: veículos mais antigos possuem grande diferença com veículos novos. Além do uso das tecnologias que já vem de fábrica, os veículos mais novos na maioria das vezes não possuem a mesma durabilidade dos veículos antigos. Então uma boa revisão e cuidados constantes são fundamentais. Lembrando que cada veículo é um veículo, depende de marca, modelo, ano e outras variáveis.

Também, o papel principal do motorista é cuidar do caminhão na hora de fazer as entregas e coletas. Como seu meio de trabalho, é importante cuidar com os problemas nas estradas, não pisar demais no acelerador e principalmente, não beber ao dirigir. 

E por último, tenha em mente, seja gestor ou motorista, que para fundir o motor do caminhão, basta apenas não trocar ou deixar faltar um óleo, ou até mesmo usar um combustível ruim. Deixar para fazer a troca do óleo outro dia pode gerar um gasto 10 vezes maior que parar o caminhão e arrumar tudo agora mesmo. 

Motorista consciente aliado com um gestor parceiro trazem resultados positivos para a operação. O uso das tecnologias é fundamental para melhorar essa parceria. Aposte no digital para melhorar os resultados e aumentar a durabilidade dos motores e vida útil dos caminhões. É possível encontrar economia com pequenos investimentos. 

entre-em-contato-agileprocess-logística

free download wordpress pluginslynda tutorial free downloadudemy course free downloaddownload wordpress themeswordpress plugins nulledwordpress plugins crackeddownload wordpress themeswordpress themes nulledudemy tutorial free downloadfree download wordpress plugins

Já vai? Que tal fazer um teste GRÁTIS no software antes?

INTEGRAÇÃO COM SOFTWARES PARCEIROS

Facilitar a comunicação entre o embarcador e suas transportadoras é a principal função do AgileHub (ferramenta de integração entre parceiros). Desenvolvido pela AgileProcess, o sistema agrega visibilidade nas entregas, controla com maior facilidade e entrega uma melhor experiência para o usuário. As informações a serem compartilhadas vão de acordo com as necessidades do embarcador (fotos, assinaturas, geolocalização e outros dados relacionados ao recebedor e à entrega dos produtos).
  • Integração entre transportadoras, distribuidoras e indústrias no padrão que a sua empresa necessita.
  • Automatização de comunicação entre diversos softwares.
  • Maior visibilidade nos eventos de entrega e coleta junto ao sistema do seu parceiro logístico.
  • Integração fácil, rápida e segura.

COMPROVANTE DE ENTREGA DIGITAL COM CERTIFICAÇÃO JURÍDICA

Diretamente no aplicativo, o entregador coleta a assinatura do cliente em um canhoto digital. É gerado um documento assinado pelo entregador que contém os dados da entrega, o canhoto digital assinado, a rota, geolocalização, entre outros pontos. Este documento é certificado juridicamente e qualquer alteração realizada posteriormente, torna-o inválido. Sua garantia é legal através da ICP-Brasil – Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira.
  • Assinatura direto na tela do Aplicativo, sem impressão de papel
  • Autenticidade no documento, garantia de que o conteúdo não foi adulterado
  • Não repúdio, que faz com que seja impossível negar a autenticidade da mensagem.
  • Tempestividade, que mostra quando, onde e em qual horário aquele comprovante foi assinado digitalmente

Gestão de Entregas

Painel de Gestão:

Todas informações retornam automaticamente para o sistema de gestão da empresa, sem a necessidade de digitação ou qualquer intervenção humana, os dados ficarão disponíveis no painel de indicadores AgileProcess, onde, por meio de seus gráficos, a equipe poderá tomar decisões ágeis, precisas e desenvolver novas estratégias para o crescimento da empresa. Todas as principais informações são armazenadas e geram gráficos gerenciais que são mantidos e atualizados em tempo real.

  • Acompanhe a performance de cada motorista durante a jornada de entrega e coleta.
  • Veja em tempo real quais eventos estão em aberto, atrasados, cancelados e finalizados.
  • Indicadores de gestão atualizados de forma automática.
  • Tenha informações concretas para tomada de decisão.

Alerta o cliente VIA SMS:

Conforme estratégia definida pela empresa, o alerta via SMS manterá o cliente final informado sobre o status de sua entrega ou coleta via SMS, permitindo que o cliente colabore para um atendimento ágil e eficiente. Com a solução de alerta, o cliente também ajudará na antecipação de qualquer dificuldade para o recebimento, adiantando ações do SAC ou do próprio motorista. Evite revisitas ao cliente final com a solução de mensagem via SMS.

  • Ganhe minutos em cada evento de entrega e coleta.
  • Seu cliente estará pronto para receber o produto.
  • Seu cliente pode informar caso ocorra algum problema antes do recebimento, agilizando as ações da central para reorganizar a rota.
  • Diminuição no número de revisitas ao local de entrega e coleta.

Comprovantes de entrega digital

Ao efetuar a entrega, o comprovador digital AgileProcess entrará em ação. De forma simples e ágil, a ferramenta seguirá o processo conforme definido, solicitando a foto do canhoto da nota ou a assinatura do cliente, a leitura de um código de barras ou, ainda, complementando com alguma informação extra. O comprovante de entrega digital será encaminhado automaticamente para a central, permitindo que as etapas seguintes sigam em frente antes mesmo de o motorista retornar à base. O motorista pode registrar para a base o sucesso ou problema na hora da entrega ou coleta em tempo real.

Aplicativo para motoristas

Com todas as informações da rota no celular, o GPS mobile AgileProcess conduz o motorista ao local de cada entrega com facilidade. Sem perda de tempo ou erros, todas as entregas e coletas são executadas até o fim. O aplicativo informa as rotas mais econômicas e eficientes para o seu negócio. Caso tenha necessidade de alteração de rota, o motorista recebe a informação e o cálculo é feito automaticamente colocando o motorista em sua nova rota de entrega ou coleta.

Roteirização e Separação de entregas.

Por meio das informações extraídas automaticamente do sistema de gestão da sua empresa sobre todas as coletas e entregas que precisam ser realizadas, o AgileProcess geolocaliza os endereços, gera todas as rotas necessárias e otimiza a frota para a próxima jornada. Por ser integrado ao sistema de gestão, os romaneios são gerados com apenas um clique. Ao fim, o roteirizador encaminha a rota e todas as informações necessárias para a sua execução ao motorista, de forma que este é liberado para iniciar a sua jornada. Todo processo de Roteirização AgileProcess ocorre em poucos minutos e sem a necessidade de interferência humana, graças à tecnologia de ponta desenvolvida para utilizar inteligência artificial em seu processo. Antes de iniciar a roteirização o sistema ainda efetua a separação da carga conforme capacidade de cada veículo, gerando agilidade e segurança em cada entrega e coleta.
  • Fazemos a integração completa com o seu sistema de gestão, facilitando a implantação do produto e agilizando o seu processo de economia.
  • A separação de carga é feita de forma automatizada conforme capacidade de cada veículo.
  • O roteirizador monta a rota mais assertiva e econômica para suas entregas e coletas.
  • Um dos únicos produtos do mercado que utiliza inteligência artificial em sua composição.
  • Caso necessário as rotas podem ser alteradas em tempo real.
  • Tenha a previsão de chegada em cada evento de coleta e entrega.
  • Roteirize para diversos endereços ao mesmo tempo.
  • Tenha maior controle sobre os motoristas.